Não é possível dar uma resposta certa, pois não há um registro nos textos dos evangelhos que indiquem claramente aonde ficava esse local. Mateus 5,1 diz:

Vendo ele as multidões, subiu à montanha.

Na passagem paralela de Lucas, o Evangelho não fala de “montanha”, mas simplesmente diz:

Desceu com eles e parou num lugar plano...

Visto que todo o ministério de Jesus na Galileia acontecia às margens do Lago, principalmente na região de Cafarnaum, é provável que tal discurso possa ter sido dado em uma das colinas que estão nas proximidades desses lugares. De fato, a tradição coloca esse evento em um local dito “Monte das Bem-Aventuranças”, que fica a poucos quilômetros de Cafarnaum, acima de tabga. Tal colina hoje é dominada por um santuário que recorda exatamente o Sermão da Montanha. Trata-se de um dos lugares mais bonitos da Terra Santa, com uma vista privilegiada do Lago da Galileia.

 

Sentido espiritual da Montanha

Sem dúvida Mateus ao falar de “Montanha” quer traçar um paralelo com a montanha por excelência na Bíblia, que é o Monte Sinai, sobre o qual Moisés recebe as Tábuas da Lei, os Mandamentos. Moisés, colocando Jesus sobre uma montanha está insinuando que como Moisés outrora recebera a Lei do Senhor, agora essa Lei recebe nova perspectiva, é interpretada de maneira definitiva por Jesus.