Olá Larissa Rocha de Fortaleza - Ce

Parece muito óbvio o significado das palavras adoração, devoção e veneração, mas não é tão simples assim. Cada uma tem um significado, e tem uma prática quer é própria. A Igreja católica sofreu dificuldades em que os fiéis ao longo do tempo, começaram entender em outros sentidos dando origem às várias expressões de culto, subjetivas, confusas e desconexas, as quais, na prática, acabam se tornando cada vez mais infrutíferas e estéreis. Por estes caminhos que a Igreja andou e se distanciou do verdadeiro sentido as palavras adoração, devoção e veneração precisamos redescobrir o verdadeiro sentido da devoção católica aos anjos e aos santos, e o que esse culto de veneração tem a ver com o de adoração, devido somente a Deus. Dessa forma, nossa espiritualidade poderá retomar o vigor da devoção dos santos e produzir muitos frutos, contribuir para a salvação das almas e para maior glória de Deus.

Entendendo a palavra adoração:

A palavra “adoração” é derivada do latim “adoratio”, que tem sua raiz nos termos “ad oro”, e significa “oro ou rogo-te”, em grego se diz λατρεια (latria) – e significa “adorar”, é um termo bíblico e teológico que significa a devoção ou culto que é prestado somente a Deus. Jesus nos seus ensinamentos nos deu essa Lei: “Ao Senhor teu Deus adorarás, só a Ele prestarás culto” (Lc 4,8; cf. Dt 6,13).

Adorar a Deus é reconhecer, com respeito e submissão absoluta, o nosso nada, que só por Deus existimos. Adorar a Deus é louvá-Lo, exaltá-Lo e humilhar-nos na sua presença, confessando com gratidão que Ele fez grandes coisas em nós e que o seu Nome é santo, como fez a Virgem Maria no Magnificat (cf. Lc 1, 46-49

Entendendo a palavra devoção:

A palavra “devoção” tem raiz no latim devotione, e significa afeição, dedicação, sacrifício e culto. Na teologia e na espiritualidade católica, devoção é um ato de religião. São Tomás de Aquino diz que devoção é “a vontade pronta para se entregar a tudo que pertence ao serviço de Deus”, ou seja, ao culto divino. Sendo assim, toda a verdadeira devoção tem como fim último o próprio Deus.

Entendendo a palavra veneração:

A palavra veneração é derivada do latim veneratio – que em grego se diz δουλια (douleuo ou dulia) – e significa “honrar”. A devoção de veneração ou “dulia” é o culto prestado aos santos e aos anjos, enquanto servos de Deus na ordem sobrenatural. A veneração a Santíssima Virgem Maria, que por sua dignidade excelsa de Mãe de Deus, que a coloca acima de todos os anjos e santos, recebe o culto de hiperdulia, do grego υπερδουλεια, que significa a mais alta veneração prestada aos santos.

A devoção de veneração é expressa externamente pela reverência às imagens dos santos e dos anjos (estátuas, esculturas, pinturas, ícones). O culto de veneração é prestado também às relíquias dos santos.

Concluindo: A diferenças entre as 3 palavras assim se apresentam A adoração é dirigida somente a Deus. Ele é o criador de tudo e rege o Universo segundo seus desígnios. A devoção é uma afeição, dedicação, e culto especial a Deus.  A veneração é o culto prestado aos santos. Mesmo aos Anjos ou a Maria Mãe de Jesus. A veneração se expressa externamente na reverência as imagens etc.